segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Estamos todos na rede



É estranho falar sobre um filme cujo tema gira em torno das redes sociais. Mais especificamente, dessa rede, o Facebook. Se você reparar bem, no cantinho direito desse post do blog, vai ver que existe uma pequena inscrição em forma de botão, onde se lê “f share”.
A maioria das pessoas entende instintivamente que se trata de um botão que irá compartilhar o conteúdo deste blog em uma página do Facebook.

Estamos todos nessa. Compartilhar é a nova onda. Cabe lembrar que “redes sociais” não são o Twitter, o Orkut e muito menos o Facebook, mas sim, os grupos de pessoas conversando e compartilhando suas ideias. Esses espaços criados para facilitar essas conversações e trocas, são sucessos inegáveis, gerando um borbulhar de informação, consumo, fococa, diversão, entretenimento, que acaba por movimentar muito dinheiro, aproximando e afastando pessoas.

imagem de divulgação

David Fincher, diretor do filme A Rede Social, leva às telas uma trama sobre a criação do Facebook, e como seu fundador, Mark Zuckerberg, “ganhou inimigos” ao criar uma rede de relacionamentos.

Sem julgamentos prévios, que tal assistirmos ao filme e compartilharmos nossas impressões? Afinal, estamos todos na rede.

Nenhum comentário:

Postar um comentário