sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Orla do Guaíba: patrimônio a ser preservado




O Guaíba possui 496Km² de rica biodiversidade e sua orla tem cerca de 74 km de extensão em Porto Alegre. Sempre lutei por uma orla preservada, com acesso público, iluminação, arborização e ciclovias. Portanto, em meu trabalho como vereador por três mandatos consecutivos e ex-secretário do Meio Ambiente de Porto Alegre, procurei proteger esse patrimônio natural com o qual somos abençoados.

Na Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMAM), promovemos o plantio de mais de 5 mil mudas de árvores nativas nos calçadões do Lami, Guarujá e Ipanema. Os ambulantes do local foram regularizados e, ao longo da orla, foram instalados chuveiros, churrasqueiras, banheiros, aparelhos de alongamento e ginástica, playground e guarita de salva-vidas.

Também realizamos parcerias para a adoção de parte da orla. O acordo resultou na revitalização do trecho que começa na Usina do Gasômetro e vai até a Avenida Ipiranga. Agora, o espaço conta com novas quadras poliesportivas, iluminação, banheiros, fiscalização, recreação, etc. Além disso, o Anfiteatro Pôr do Sol foi recuperado.

Defendo que as margens do Guaíba, como Área de Preservação Permanente, devem ter proteção e uso especiais. Ademais, empenho-me para evitar a falta de planejamento sustentável e participativo e a especulação imobiliária, que resultam na descaracterização e saturação dos bairros. Por isso, em parceria com a sociedade, consegui minimizar os impactos do polêmico projeto de lei Pontal do Estaleiro. Ainda obtive a garantia de que os proprietários do imóvel recuperassem o passivo ambiental e mantivessem o terreno limpo e acessível ao público. [Continue lendo no site...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário