sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Aprovadas normas para proteção de animais em feiras



Na quarta-feira (1/8) foi um dia importante para a causa animal. Conseguimos manter importantes artigos de nosso projeto de lei que cria regras para feiras e exposições de animais domésticos, silvestres e exóticos. Os itens haviam sido rejeitados pelo prefeito, provavelmente em função do lobby de alguns feirantes, mas, com a ajuda dos protetores dos animais, conseguimos persuadir os vereadores a derrubarem os vetos.

Agora, a duração desses eventos não poderá ultrapassar o prazo de cinco dias. Os animais somente poderão ser expostos após completarem três meses de vida e com atestado sanitário expedido por médico veterinário, e deverão ser fornecidos documentos como nota fiscal, contrato de compra e venda, histórico do animal, atestado sanitário e carteira de vacinação ao adquirente. Ademais, o animal vendido só será liberado com a aplicação de microchip de identificação. [Continue lendo...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário