quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Brasil ganha Política dos Resíduos Sólidos


A ausência de regras para tratamento das 150 mil toneladas de lixo produzidas diariamente é um dos mais sérios problemas do país. Atualmente, desse total, 59% vão para os "lixões" e apenas 13% têm destinação correta, em aterros sanitários. Em 2008, apenas 405 dos 5.564 municípios brasileiros faziam coleta seletiva de lixo.

Felizmente, a situação está prestes a melhorar. No dia 2 de agosto, após tramitar por 21 anos na Câmara dos Deputados, foi sancionada a lei que cria a Política Nacional dos Resíduos Sólidos.

A iniciativa proíbe os lixões, nos quais os resíduos são lançados a céu aberto. Todas as prefeituras deverão construir aterros sanitários adequados ambientalmente, onde só poderão ser depositados os resíduos sem qualquer possibilidade de reaproveitamento ou compostagem. Será proibido catar lixo, morar ou criar animais em aterros sanitários. [Continue lendo...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário