quarta-feira, 28 de julho de 2010

Sensualidade na web

A internet e seus mistérios, ou a internet sem mistérios? Hoje em dia tudo parece ser muito acessível. Qualquer informação parece estar “a um Google” de distância. É um jogo da exposição pessoal onde, de alguma forma, todos estão presentes nas redes sociais de internet, nas plataformas de relacionamento pela web, utilizando programas de conversação, trocando, compartilhando, criando, copiando, reproduzindo, informando, fofocando, entretendo, conversando. Uma verdadeira enxurrada de informação que traz à tona o velho tema da exposição excessiva.

Não estamos condenando a internet. É preciso lembrar que a tecnologia não é boa e nem má, mas pode ser utilizada para fazer coisas horríveis da mesma forma que pode ser utilizada para o bem.

Recentemente adolescentes protagonizaram cenas de sexo transmitidas a mais de 10 mil pessoas utilizando um aplicativo ligado ao twitter. Se não bastasse o fato do conteúdo em si ser polêmico, o agravante é o fato das pessoas envolvidas serem menores de idade, o que complica tudo e leva o fato à esfera policial.

Mas assim como serviu para divulgar essas cenas, o twitter tem sido utilizado para um sem fim de campanhas para ajudar a arrecadar alimentos aos necessitados, fazer calar a boca de certo locutor esportivo ( :X ), xingar o técnico da seleção, promover marcas e ideias. Nós mesmos já até abrimos o twitcam aqui na No Stress no dia do Jogo do Brasil contra Portugal na Copa, lembram? Nem tanto ao céu, nem ao inferno, certo?

O jogo que terminou em Pizza - foi retransmitido pelo twitcam da No Stress

Hoje, por exemplo, é o #LingerieDay – a proposta é que as meninas troquem a foto de seu perfil no microblog por uma foto sua vestindo lingerie. Nada contra. Mas ficamos um pouco preocupados com o fato de que entre as participantes do #LingerieDay possa haver menores de idade. O que não seria nada legal. Como tem gente muito boa por aí que sabe respeitar as crianças e tem valores bem sólidos, há os que não tem essa noção.

Imagem original: Tíbia Aldoria

Conversamos com a Psicóloga Especialista em Terapia de Casal e Família, Sandra Rute Silva Martins sobre o tema. Ela entende que a internet mexe com a vaidade das pessoas e aí vem o problema da superexposição.

Ela comenta que é preciso fazer certos questionamentos: “Mesmo querendo participar e compartilhar na rede, até que ponto vale à pena expor certas coisas ao domínio público?"

No caso dos menores de idade que se expõe na internet, ela aconselha que os pais estejam atentos e orientem seus filhos para que saibam avaliar com clareza as consequências da superexposição e do mau uso dos recursos tecnológicos.

“O importante é que a pessoa seja orientada a ter cuidado consigo mesmo. Que saiba preservar sua intimidade na medida certa”.

Esperamos que a brincadeira do #LingerieDay e outras brincadeiras do tipo transcorram sem maiores incidentes, que todos divirtam-se de forma saudável e que saibam ponderar até que ponto estão dispostos a expor sua intimidade ao mundo.

Queremos saber o que vocês acham. "Contaí" ;)

Um comentário:

  1. acho que é exposição demais, não precisa disso,
    quem vai gostar mesmo são os homens, pss
    sou muito mais do "bigoday" que aconteceu dia 23, se não me engano.
    Mais divertido!

    ahaha, beijos ;)

    ResponderExcluir