quarta-feira, 26 de maio de 2010

Os "Super" também choram

Até os Super-heróis devem ter um lado frágil. É essa a ideia do fotógrafo argentino Nicolas Silberfade, de 27 anos.


Nicolas, que há 5 anos mora nos Estados Unidos, fotografou atores caracterizados como Super-heróis para mostrar um lado que ninguém imagina.


A série de fotos é uma forma de crítica social, conforme Nicolas declarou a revista Trip: "A ideia é ilustrar de forma diferente a atual crise social, cultural e econômica dos EUA".

Seu trabalho pode ser conferido aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário