quinta-feira, 15 de abril de 2010

Mais 3 lugares Perfeitos!

Dando sequencia as listas de 3 lugares Perfeitos sugeridos pelos nossos leitores no Blog, hoje apresentamos duas capitais e uma charmosa cidade serrana. Vitória (ES), Belo Horizonte (MG) e Petrópolis (RJ), sugestão da @ChrisMGteacher. Espero que gostem. Boa viagem!

Petrópolis (RJ)

Conhecer Petrópolis, na região serrana do Rio, pode ser uma forma muito prazerosa de conhecer mais sobre a história de nosso país.

A cidade de Petrópolis nasceu como um povoado em 1843, pelo decreto do Imperador Dom Pedro II, então com 18 anos. Ele ordenou a construção do Palácio Real, de uma Igreja em louvor a São Pedro de Alcantara, um cemitério e a urbanização de uma Vila Imperial.

Palácio Imperial Foto: Divulgação/Mtur

Com o final da escravatura e início do ciclo do café, a cidade de Petrópolis recebeu 2.338 imigrantes alemães que iriam ocupar barracões ao lado da Igreja construída dois anos antes. Assim começou o processo de povoação da cidade de Petrópolis.

Petrópolis é praticamente um museu ao ar livre, abrigando boa parte da história do Brasil, desde os tempos do império. Ruas de pedra, charretes, ruas largas e bastante arborizadas dão um ar de charme e romantismo à cidade. Tem clima ameno, pois está a 800m do nível do mar.

Possui uma estrutura bastante sofisticada para o turismo e além de seus museus lindíssimos, ainda há diversos passeios para as cidades vizinhas.

Passeio de Charretepelas ruas de Petrópolis Foto: Divulgação/Mtur


Uma das praças mais importantes da Cidade é em homenagem ao Petropolitano mais ilustre, Santos Dumont. Sua antiga casa também pode ser visitada.

A cidade de Petrópolis também tem uma agitada vida noturna e boas opções de hospedagem. Vale à pena conferir.

Alguns passeios recomendados são pelo Palácio da Quitandinha (casa Oficial de Verão dos Presidentes da República), Museu Imperial, Palácio de Cristal e a Casa de Santos Dumont

Casa / Museu Santos Dumont - Foto: Divulgação/Mtur


Vitória (ES)

A capital do Espírito Santo, umas das menores capitais do Brasil em número de habitantes, é um encanto. Formada por 34 ilhas e uma porção de continente, a cidade teve seu desenvolvimento baseado na atividade portuária, (porto de Vitória e Tubarão). A cidade é ligada, das ilhas ao continente por 6 pontes, o que torna passeios de carro pela cidade uma oportunidade maravilhosa para curtir o visual.

Praia de Camburi Foto: Divulgação/Mtur

O mar faz parte do cotidiano da cidade, para o lazer em seus muitos bares e restaurantes situadas a beira-mar, na economia e turismo. Vitória é sinônimo de boa gastronomia (frutos do mar), beleza, cultura e muitos sabores.

Muqueca Capixaba no capricho! (Foto Divulgação/Mtur)

Opções de praia não vão faltar em Vitória: Camburi tem 6 km de extensão, concentra muitas opções de hotéis, bares, quiosques e restaurantes. Já as águas calmas da Praia do Canto são próprias para banho e prática de esportes náuticos. A Curva da Jurema localizada entre as ilhas do Boi e do Frade, forma uma enseada propícia à prática de esportes náuticos, com calçadão, ciclovia e escola de vela. À noite, os quiosques têm música ao vivo.

A cidade de Vitória é ligada a sua porção Continental por Pontes (Foto: Divulgação/Mtur)

Belo Horizonte (MG)

A capital do estado de Minas Gerais é um encanto. História, ruas arborizadas, e vida cultural agitada. Um povo hospitaleiro com muito latente para diversão. Sempre há o que fazer na cidade. Referência na arquitetura, monumentos históricos, gastronomia e ótima estrutura para grandes negócios e eventos, Belo Horizonte é um prato cheio para a diversão.

Praça da Estação (Foto: Divulgação/Mtur)

Passeios pelas Praças da Cidade, ou pelo complexo arquitetônico da Pampulha, onde estão a Igreja de São Francisco de Assis, o Cassino (hoje Museu de Arte da Pampulha), a Casa do Baile (que atualmente abriga exposições temporárias sobre urbanismo, arquitetura e design) e o Iate Tênis Clube, o estádio Mineirão, o ginásio de esportes Mineirinho, o zoológico e o parque de diversões.

Praça da Liberdade (Foto Divulgação/Mtur)

BH é certamente um lugar para fazer passeios passeios inesquecíveis.

Complexo arquitetônico da Pampulha (Foto: Divulgação/Mtur)

Curtiu o roteiro, quer contar sobre sua visita a algum desses lugares? Deixe um comentário. O blog é seu!

4 comentários:

  1. Lindos mesmos! Haja listinha...rs...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Nossa que lindo! Haja listinha mesmo rsrsrsrs
    Cada lugar com sua persolidade e que encanta todo mundo!
    Vale apena conhecer o Brasil!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Meus três lugares perfeitos... Que saudades deu-me de Petrópolis agora...Amo tanto este lugar que já se passaram anos que o visitei, mas parece que foi ontem...

    ResponderExcluir
  4. São três pontos fantásticos da região Sudeste. Certamente cada uma tem sua peculiaridade, mas Belo Horizonte tem um ar tão moderno e arcaico, tão sóbria e tão ébria. BH é uma daquelas capitais que tem jeito de cidade grande, mas conserva o estilo e mineirisse das pequenas vizinhas. Badalada na vida noturna e bombástica no cotidiano cultural. Amo de paixão. Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir